Implantes Dentários

Últimas novidades em Implantes

RC Odontologia é referência em implantes dentários trazendo para Porto Alegre as últimas novidades em implantes diretamente da Europa e dos Estados Unidos. Essa especialidade da odontologia é dedicada a restabelecer a função de mastigação e estética perdidas, devido à ausência de um ou mais dentes, através da implantação cirúrgica de 'pinos', ou seja, implantes de titânio sobre os quais, posteriormente, serão instalados uma peça protética em substituição aos dentes perdidos. Ao redor do implante de titânio ocorre a osseointegração que é caracterizada pela formação de tecido ósseo que irá incorporar este material ao organismo. Situado no miolo do Bairro Menino Deus, realiza cirurgias guiadas (Flapless), sem incisões e sem cortes.

Implantes Dentários
O que é um implante Dentário

O que é um implante dentário?

O implante dentário é um pequeno cilindro em titânio e com roscas externas. Ele possui em uma de suas extremidades conexões que permitem a instalação de próteses dentárias sobre os mesmos. Tais próteses podem ser parafusadas ou cimentadas. Além de poderem ser unitárias ou múltiplas.

Vantagens dos implantes dentários

O fato de o implante dentário ter a aparência e oferecer a sensação de um dente natural, pode fazer maravilhas pela autoestima do paciente. Muitas pessoas que eram tímidas ao sorrir por causa do espaço de um dente perdido, podem se sentir perfeitamente confortáveis depois de um implante dentário. Além da estética, um implante dentário também faz com que seja mais fácil comer e falar, uma vez que um pino de titânio fixado diretamente no maxilar mantém o implante no lugar. Assim, o implante não se solta como uma prótese dentária. Os implantes dentários também beneficiam a saúde bucal em geral, uma vez que não precisam ser ancorados a outros dentes, como as pontes.

Índice de sucesso do implante dentário

O sucesso do implante dentário pode depender de onde os dentes ausentes estão localizados, mas o índice de sucesso médio é de mais de 95% de acordo com a American Association of Bucal and Maxillofacial Surgeons (Associação de cirurgiões Buco-Maxilo faciais dos Estados Unidos). Pelo fato de o implante penetrar no osso da mandíbula e gengiva, esse procedimento pode não ser adequado para certas pessoas, como aquelas que fumam. Seu dentista será capaz de avaliar se o implante dentário é a melhor opção para você.

Quais os tipos de Próteses sobre implantes?

Implante Unitário

Implante Múltiplo

Implante Protocolo

Implante Over-Denture

Como funciona a colocação de Implantes Dentários?

A colocação de implante pode ser realizada em 1 etapa ou 2 etapas, que irá depender da qualidade e quantidade óssea do paciente. Quando não houver quantidade óssea adequado à ancoragem do implante, será indicada a utilização de Enxerto Ósseo, através de Biomateriais.

Etapas dos Implantes

1ª Etapa: Os implantes são inseridos no tecido ósseo, recobrindo com o tecido gengival através de suturas (pontos). Dependendo de sua situação poderá colocar pilares cicatrizadores que irão conformar o tecido da gengiva. Em casos especiais (em etapa única), pilares protéticos poderão ser colocados juntamente com as coroas provisórias.

2ª Etapa: Ocorre depois que a integração óssea está completa, o implante é descoberto e instalado os pilares cicatrizadores. Depois que o tecido da gengiva tenha tido tempo adequado e condicionado, os pilares curativos de fixação são removidos. Após, pilares protéticos são colocados nos implantes e realizará a moldagem para a colocação das próteses definitivas.

O que é implante dentário com carga imediata?

Com os novos avanços Implantes Dentários, podemos instalar o implante de Titânio e no mesmo momento e já colocar o dente na mesma consulta ou poucos dias depois. As próteses utilizadas na carga imediata são temporárias e devem ser substituídas após algum tempo. Só é possível planejar a carga imediata quando o diagnóstico do dentista aponta uma excelente estabilidade inicial na fixação do implante de titânio ao osso. Este diagnóstico é feito após uma rigorosa avaliação e estudo do caso clínico.

É possível colocar os implantes e os dentes no mesmo dia?

Sim, mas nem todas as pessoas podem colocar implantes e dentes no mesmo dia. Aliás, ainda é a minoria das pessoas que podem. Para isso o paciente tem que ter quantidade e qualidade suficiente de osso. Quando existe osso na região inferior normalmente é possível, pois o osso da mandíbula é mais duro (menos poroso). Já a maxila é um osso mais poroso e por isso a fixação do implante é mais difícil. Então para a colocação de implantes imediatos é necessário avaliar a quantidade óssea, o número de implantes e os dentes que serão implantados. Nos implantes convencionais as pessoas esperam em torno de 2 a 3 meses na região inferior e de 4 a 6 meses na região superior e se possível, sempre acho que é mais seguro se puder esperar.

Implante Imediato Carga Imediata Unitário

Implante Imediato sem Carga Provisória

Perdeu um dente anterior, e já faz tempo?

Ao perder um dente da frente (incisivo central, por exemplo), há um grande reabsorção óssea que compromete seriamente o resultado estético futuro. compreende primeiramente o restabelecimento da estrutura óssea anterior, de modo a melhorar a estética da gengiva.

O que é Enxerto Ósseo Dentário?

O Enxerto Ósseo Dentário é um procedimento cirúrgico que consiste em reparar um local, que pode ser através de Biomateriais ou do próprio paciente. Quando os dentes são extraídos ao longo dos anos, é comum as pessoas perderem também os ossos alveolares, que sustentavam o dente perdido. Dependendo do caso clínico pode ser realizada uma cirurgia para colocação do enxerto ósseo na região danificada, ou realizar o enxerto ósseo no mesmo momento da colocação do implante. É necessário aguardar um período de 4 a 6 meses para avaliar o sucesso deste procedimento.

Perda Óssea após extração dentária

Após uma perda dentária é esperado uma reabsorção óssea, pois o tecido ósseo é suportado e nutrido pela preservação dentária. Assim, sem ele, teremos uma perda óssea na região.

Enxerto Ósseo: Sinus Lift

A técnica de Sinus Lift é indicada para preencher uma severa reabsorção óssea em regiões posteriores da maxila Veja como est;;a técnica é realizada.

Cirurgia Guiada

Técnica e extremamente atual e inovadora, pois o paciente tem um pós-operatório com menos dor e inchaço (edema). Esta cirurgia é realizada através da confecção de uma guia tomográfica digital, a qual aumenta a precisão cirúrgica muito próxima da exatidão. O paciente, primeiro realiza uma Tomografia Computadorizada e com o uso de software específico e de posse do exame tomográfico, o cirurgião-dentista pode realizar previamente a cirurgia de forma virtual, posicionando os implantes virtuais nos locais desejados. Após o planejamento virtual essas imagens serão encaminhadas para um centro de Prototipagem (Reconstrução em 3 Dimensões), o qual produzirá uma guia cirúrgica que conduzirá para a colocação ideal dos implantes de modo preciso sem cortes e sem incisões (conforme foto). Estas cirurgias sem retalhos e sem cortes possibilitam até mesmo a colocação de dentes em todo o arco de maneira imediata.

Cirurgia Guiada em Dente Unitário

Uma técnica e extremamente atual e inovadora, pois o paciente tem um pós-operatório com menos dor e inchaço (edema).

Esta cirurgia é realizada através da confecção de uma guia tomográfica digital, a qual aumenta a precisão cirúrgica muito próxima da exatidão. O paciente, primeiro realiza uma Tomografia Computadorizada e com o uso de software específico e de posse do exame tomográfico, o cirurgião-dentista pode realizar previamente a cirurgia de forma virtual, posicionando os implantes virtuais nos locais desejados.

Após o planejamento virtual essas imagens serão encaminhadas para um centro de Prototipagem (Reconstrução em 3 Dimensões), o qual produzirá uma guia cirúrgica que conduzirá para a colocação ideal dos implantes de modo preciso sem cortes e sem incisões (conforme foto). Estas cirurgias sem retalhos e sem cortes possibilitam até mesmo a colocação de dentes em todo o arco de maneira imediata.

Exames Adicionais

O exame mais indicado para o planejamento com uso de implantes osseointegrados é a tomografia computadorizada e a análise dos modelos Tais exames são fundamentais, pois eles irão permitir a análise minuciosa do tecido ósseo bem como da área da futura prótese que será confeccionada. A tomografia é muito indicada, pois possibilita o uso de imagens 100% fiéis, diferentemente das radiografias orais. Além disso, a tomografia computadorizada possibilita à reconstrução em 3D (terceira dimenção) dos tecidos envolvidos (principalmente tecidos ósseos), favorecendo sobre maneira o planejamento e consequentemente a execução do procedimento com maior segurança e previsibilidade. As tomografias computadorizadas também possibilitam o uso da técnica de cirurgia guiada por computador (cirurgia sem pontos).

Etapas da Cirurgia Guiada

Etapa 1 - Tomografia computadorizada
Tomografia Computadorizada
Etapa 2 - Guia Cirúrgica Prototipada
Guia Cirúrgica Prototipada
Etapa 3 - Guia Cirúrgica Prototipada em Boca
Guia Cirúrgica Prototipada em Boca
Etapa 4 - Pós- Operatório Imediato
Pós- Operatório Imediato

Assista as etapas de uma reabilitação feita a partir da Cirurgia Guiada sem cortes.

Lorem Ipsum é simplesmente uma simulação de texto da indústria tipográfica e de impressos, e vem sendo utilizado desde o século XVI, quando um impressor desconhecido pegou uma bandeja de tipos e os embaralhou para fazer um livro de modelos de tipos. Lorem Ipsum sobreviveu não só a cinco séculos, como também ao salto para a editoração eletrônica, permanecendo essencialmente inalterado.

O conforto é inigualável

Sem pontos no final, sem edema, sem dor e cirurgia mais rápida e sem sangramento.

Já imaginou fazer cirurgia SEM CORTES

A odontologia vem inovando cada vez mais para gerar conforto aos pacientes., e possibilita a colocação de implantes dentários sem que haja necessariamente incisões, ou seja, corte com a lâmina. Nos implantes guiados por computador as perfurações são feitas apenas com a broca.

Os procedimentos são feitos sem cortes agressivos na gengiva. O planejamento da cirurgia é feito através de um software que especifica com precisão os locais para serem fixados os implantes garantindo maior exatidão e otimização de tempo. Além de todas as vantagens, na cirurgia guiada, por não envolver cortes na gengiva e ser menos invasiva, as dores são praticamente inexistentes e a recuperação é muito mais rápida.

Como é feito o implante?

Através de uma pequena cirurgia que substitui os procedimentos convencionais. O dentista faz uma tomografia computadorizada em três dimensões, envia para um software, que faz uma avaliação da arcada dentária, mostrado onde cada implante deve ser inserido. O cirurgião dentista instala virtualmente os implantes, escolhendo a posição e a inclinação ideal para colocá-los, reduzindo em até 50% o tempo da cirurgia. planejamento cirurgia guiada.

Dói fazer implante guiado por computador?

Não. Os pequenos furos feitos na gengiva dispensam a necessidade de pontos. Todo o processo é feito com base no direcionamento do aparelho, dispensando técnicas manuais.

E a recuperação? Como é?

É mais rápida que a convencional. O paciente tem um pós-operatório mais tranquilo. Isso porque o procedimento é minimamente invasivo. Com apenas um pequeno furo, o dente é implantado. Outro benefício da tecnologia é oferecer ao dentista maior precisão. Isso significa que o implante é colocado exatamente no local planejado, evitando eventuais erros.

Para aqueles que já usam uma prótese total ou dentadura

Após a primeira consulta, pedimos uma tomografia computadorizada da arcada toda. Após o exame ficar pronto é enviado pela internet para que possamos fazer o planejamento virtual. Este, por sua vez, consiste na colocação dos implantes através de um programa de computador, na arcada dentária virtual em 3D, numa situação ideal, otimizando o posicionamento do implante para a futura prótese.

Depois de concluida essa etapa, o resultado do planejamento virtual é enviado pela internet para um laboratório avançado, onde é feito a guia cirúrgica para a cirurgia guiada prototipada por uma impressora 3D de última geração.

A guia é enviada à clinica e é usada no dia da cirurgia para orientar as colocações dos implantes sem necessitar do corte da gengiva com lâmina de bisturi e sem precisar de pontos no final.

Para aqueles que ainda possuem poucos dentes

Tudo igual à técnica anterior, porém aqui temos que preparar o paciente antes de mais nada. Em alguns caso, fazemos as extrações dentárias necessárias e uma prótese provisória é colocada. É necessário aguardar 90 dias para cicatrização óssea para fazer a tomografia para o planejamento virtual.

Também há possibilidade de utilizar esta técnica para colocação de apenas um implante.

No dia da cirurgia, essa guia é posicionada na arcada  após a anestesia local e os implantes podem ser fixados sem cortes com lâmina de bisturi e sem precisar de pontos no final.

Para casos isolados

Nos casos de 1 implante dental individualizado, ou dois um ao lado do outro, ou ainda implantes dentários em pontos isolados na boca também é possível usar essa técnica. A sequência de trabalho muda um pouco. Mas é necessário que o local não possua mais o dente a pelo menos 90 dias. O paciente pode usar uma ponte móvel provisória durante essa espera. O dente fixo sobre o implante, é colocado em até 60 ou 90 dias, conforme cada caso.

E A PRÓTESE COMO FICA COM A CIRURGIA GUIADA?

A prótese fixa sobre implantes não muda com a cirurgia guiada. Só que para o profissional é muito mais tranquilo o seu planejamento. Isso porque já podemos ver que tamanho de pilar protético teremos que usar antes de chegar nessa fase. O exame de tomografia 3D possibilita isso, ou seja, vemos o projeto da prótese antes de ela existir em boca. Com isso podemos planejar melhor o caso.

Verticalização de Molar para Colocação de Implante

Esta técnica é utilizada para criar espaço ideal para a inserção de um implante.

Assista as consequências quando ocorre a perda total dos dentes

A perda dentária causa impacto direto na qualidade de vida dos pacientes, pois os seus efeitos faciais são chocantes. Além da desarmonia oclusal, migração dental, reabsorção localizada, dieta insatisfatória, perda da estética dentária, entre tantos outros fatores são observados, podemos perceber a consequência na face do paciente. Onde apresenta reabsorções ósseas severas, implicando diretamente na forma e formato do rosto. Os dentes além da função mastigatória, são responsáveis por manter o volume do terço inferior da face, sem eles ficamos com aspecto extremamente desarmônico

Por que utilizamos enxerto ósseo em uma colocação de implante?

Porque em uma extração normal após 1 ano teremos a perda do volume da região em torno de 40%, isto quer dizer que quando formos fazer o dente novo, este será bem maior do que o dente ao lado (vizinho).

Esta reabsorção se dá pelo fato do osso alveolar( osso que sustenta o dente) é nutrido pelo ligamento periodontal (fibras presentes ao redor do dente) que após a extração, deixa de ter a nutrição necessária para manter o volume ósseo e gengival.

Para que isto não ocorra, junto a extração, colocamos enxerto ósseo (osso liofilizado) para atenuar este problema ocasionado sempre que há uma extração dentária, a fim de que permaneça o volume da região , bem como a estética.

Fratura Dentária

As fraturas podem ser observadas através de exame clinico, e os exames de imagem são de fundamental importância para concluir o diagnóstico.

Sendo constatada a fratura da raiz dentária, é indicada a extração do dente, e a colocação de implante dentário o mais breve possível, para evitar a migração dentária após a remoção do dente.

As restaurações e o preparo endodôntico dos canais radiculares (pela própria remoção de estrutura dentinária que o tratamento implica) pode por vezes, enfraquecer a arquitetura do elemento dental, tornando-os mais susceptíveis às fraturas ou trincas radiculares, causadas pelas cargas mastigatórias.

Fratura De Raiz + Colocação Implante

Quando ocorre uma fratura dentária a nível da raiz, é necessário sua remoção, e atualmente com os implantes dentários solucionamos este problema o mais rápido possível.

Cuidando do implante dentário

Bons hábitos bucais são necessários para que o implante seja um sucesso. É necessário usar o fio dental, escovar os dentes e ir regularmente ao dentista. Se na sua arcada dentária está faltando um dente e acredita que o implante dentário é a melhor solução para você, consulte seu dentista.

Fumar Pode Provocar Insucesso Dos Implantes Dentais?

Diversos estudos apontam que fumantes apresentam risco maior de infecção após cirurgia e podem apresentar cicatrização mais lenta. Quando um implante é colocado em um fumante, a probabilidade de insucesso é maior.

Como os implantes requerem cirurgia, os pacientes devem estar em boas condições de saúde, apresentar gengivas saudáveis, possuir osso adequado para suporte do implante e estar comprometidos com uma higiene bucal meticulosa e visitas regulares ao dentista. Se você está pensando em fazer implantes, uma avaliação completa pelo dentista ajudará a determinar se você seria um bom candidato.

Orientações pré-operatórias

Promovemos uma série de protocolos antes e depois de realizar um procedimento cirúrgico. O primeiro passo é marcar uma consulta de avaliação com o cirurgião, que analisará as radiografias pré-cirúrgicas com o objetivo de informar e conscientizar o paciente dos cuidados que se deve ter antes de realizar uma cirurgia.

Ainda na consulta, o dentista pergunta ao paciente sobre possíveis medicamentos de uso contínuo, alergias a medicações, existência de doenças infectocontagiosas ou outras inflamações sistêmicas. Em seguida, a pessoa é orientada sobre alimentação ou jejum antes do procedimento, assim como a suspensão do consumo de bebidas alcoólicas ou cigarro. Para facilitar, os pacientes recebem também todas as orientações impressas para levar para casa e não se esquecer de nada.

Quando for necessária solicitaramos exames de sangue, urina e de coração, que serão apresentados antes do procedimento, para evitar quaisquer riscos cirúrgicos. Todos esses protocolos são seguidos à risca pela nossa equipe, que prima sempre pelo sucesso da cirurgia e bem-estar do paciente.

Orientações pré-operatórias
Orientações pré-operatórias

Orientações pós-operatórias

Os cuidados pós-cirúrgicos do paciente são fundamentais para a recuperação e para o sucesso do tratamento. Para auxiliar na recuperação, fornecemos uma série de informações sobre posições para se deitar com o objetivo de preservar a área operada. Fornecemos também um documento impresso com todas as orientações pós-cirúrgicas.

Explicamos também sobre a alimentação que, inicialmente, deve ser composta de alimentos moles e frios, como sucos, vitaminas, sopas e sorvetes. Reforçamos, é claro, a importância da ingestão de muita água. Após alguns dias, o paciente pode começar a avançar gradativamente para uma dieta mais consistente. Nesses casos, é só mastigar com o lado oposto da cirurgia ou com os dentes da frente, caso ambos os lados tenham sido operados.

É importante evitar a abertura excessiva da boca, não fumar e nem consumir bebidas alcoólicas. Caso a região continue doendo, compressas de calor com bolsas contendo água morna podem ser úteis. Salgados e alimentos crocantes ou duros também devem ser evitados durante o período de recuperação, e a limpeza bucal é fundamental. Ela deve ser feita com escova macia e o cotonete é ideal para retirar resíduos do local da cirurgia. Os pacientes devem fazer bochechos suaves com enxaguantes bucais a serem prescritos pelo dentista. Nossa equipe também recomenda não encostar com a língua ou dedos no local operado.

Dos casos mais simples aos mais complexos, a tecnologia utilizada surpreende o paciente e pode proporcionar um tratamento mais seguro, rápido, eficiente e com maior estabilidade do implante dentário. Tratamos não apenas o seu sorriso, mas a sua qualidade de vida.

Quero transformar meu Sorriso!